flor campestre, flor do campo, mato, estrada de São Paulo, flor branca, branco, marrom, verde

Capítulo 05: QUAL ESTRADA ESCOLHER ENTRE SÃO PAULO E CURITIBA ?

Eu havia estudado o mapa e conversado com várias pessoas para obter dicas sobre qual caminho escolher:
BR 101 (Rodovia Governador Mário Covas, também conhecida por Rodovia Translitorânea) ou BR 116 (Rodovia Régis Bittencourt) ?

Simulei no Google Maps a rota entre São Paulo e Curitiba pela BR 116, salvei no meu aparelho telefônico e descansei.

Em São Paulo, passei a noite na casa de meus amigos Paulo e Gabi, fui recebida com pizza, Guaraná, boas conversas e presenteada com a doação do quarto do casal só para mim. Que luxo!!!

Logo de manhã, ao invés de abrir a rota que eu havia salvo no meu telefone, calculei no Google Maps a rota novamente e não observei que ele, automaticamente, escolheu uma nova rota. Saí de casa e segui o mapa. Eu estava feliz por superar um antigo medo de dirigir por São Paulo sozinha. Tão feliz, que nem observei que o roteiro estava me levando para o litoral. Enfim… planos mudados: Seguiria pela BR 101 – Translitorânea.

Logo que saio de São Paulo, chego ao posto de pedágio para entrar na Rodovia Anchieta, Concessionária Ecovias dos Imigrantes. Taxa: R$ 25,00. Muitos túneis, lindas paisagens de montanhas com vegetação fechada, muito verde.

DICA IMPORTANTE antes de entrar nessa estrada: abasteça seu tanque de combustível, pois são muitos quilômetros de estrada sem nenhum posto de gasolina.

Enfim, passei perto das praias e senti o cheiro do mar. Mas não tinha tempo para curtir, pois tinha longo caminho pela frente.
Seguindo pela BR 101, ao sair do litoral, passei pela serra. Ali foi bastante tenso: Estrada simples, muitas curvas, cheio de obras na pista, onde muitas vezes funcionava apenas meia pista. MUITA chuva, várias paradas para esperar os carros da pista oposta passar. Velocidade máxima em vários trechos era 40 ou 50 km/hora. Aí eu fiquei me chingando… “Por que eu não prestei mais atenção na hora de sair de São Paulo? Eu deveria ter vindo pela BR 116 !!! Aff… Que raiva! rs

Após muito sufoco, finalmente a BR 101 encontra com a BR 116. Então fiquei mais feliz e coloquei música boa para comemorar! Mas, para quem anda em pista boa, tem um preço a pagar: Mais pedágios! Dali até chegar em Curitiba, passei por quatro pedágios, no custo de R$ 3,00 cada.

You may also like

Leave a comment